"A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo. (Nelson Mandela) "

terça-feira, 28 de maio de 2013

Cantigas para trabalhar com a 

Sequência Didática: Ler para aprender.

Gif

As cantigas fazem parte da nossa infância e é nosso dever como educadores preservá-las, incentivando nossas crianças a cantá-las, brincarem com elas. 

Elas não devem servir apenas para alfabetizar, as cantigas devem fazer parte do cotidiano da sala de aula. 

E por isso, por ser um texto memorizado, é que elas podem servir como textos auxiliares para alfabetização. 

O lúdico deve estar presente nesta fase da criança, a alfabetização deve ser vista, como algo prazeroso por ela, e não com exercícios cansativos e repetitivos de cópias e sem significado para a criança.

No decorrer do processos de alfabetização os erros vão sendo corrigidos, mas no início o mais importante é a criança ter o prazer em aprender a ler e a escrever.
CANTIGAS PARA TRABALHAR COM A SEQUÊNCIA DIDÁTICA 

Gif
Música: Meu Pintinho Amarelinho

Meu pintinho amarelinho
Cabe aqui na minha mão
Na minha mão.

Quando quer comer bichinho
Com seus pezinho ele cisca o chão.

Ele bate as asas
Ele faz piu, piu
Mas tem muito medo é do gavião. 


Gif


Música: A Janelinha

A janelinha fecha
Quando está chovendo
A janelinha abre
Se o sol está aparecendo.

Fechou, abriu
Fechou, abriu, fechou

Abriu, fechou
Abriu, fechou, abriu.


Gif

Música: O Jipe

O jipe do padre
Fez um furo no pneu
O jipe do padre
Fez um furo no pneu
O jipe do padre 
Fez um furo no pneu
Consertamos com chiclete.
Gif

Música: Sapo Cururu

Sapo Cururu
Na beira do rio
Quando o sapo grita
, ó maninha!
É que esta com frio.
A mulher do sapo
É que está lá dentro
Fazendo 
rendinha, ó maninha!
Pro seu casamento.


Gif

Música: Barata


Eu vi uma barata
Na careca do vovô
Assim que ela me viu
Bateu asas e voou
Seu Joaquim, quirim quim
Da perna torta ta ta ta
Dançando conga, ga ga
Com a Maricota, ta ta. 



Gif

Música: Borboletinha 

Borboletinha
Tá na cozinha
Fazendo chocolate
Para a madrinha
Poti, poti
Perna de pau
Olho de vidro
E nariz de pica-pau
Pau-pau.



Gif

Música: Cachorrinho está latindo. 

Cachorrinho está latindo
Lá no fundo do quintal
Cala a boca cachorrinho
Deixa o meu benzinho em paz
Crio lê lê
Criô lê lê lá lá
Criô lê lê
Não sou eu quem caio lá.



Gif

Música: Motorista

Motorista, motorista
Olha a pista
Olha a pista
Não é de salsicha
Não é de salsicha
Não é não 
Não é não
Motorista, motorista 
Olha o poste
Olha o poste 
Não é de borracha

Não é de borracha
Não é não
Não é não. 


Gif

Música: Casinha

Fui morar numa casinha-nha
Infestada-da de cupim-pim-pimSaiu de lá- lá- lá
Uma lagartixa-xa 
Olhou pra mim

Olhou pra mim
Olhou pra mim
E fez assim:
Smack... Smack....


Gif
Retirado do Blogger Brincando com Cores

Alfabetização



EDIÇÃO ESPECIAL DA REVISTA NOVA ESCOLA ESTÁ TRAZENDO  LEITURA, ARTIGOS E AS REPORTAGENS  ESTÃO IMPERDÍVEIS PARA OS PROFESSORES ALFABETIZADORES.   TRAZENDO TAMBÉM  EXPERIÊNCIAS DE PROFESSORES QUE ESTÃO EM SALA DE AULA .

SEÇÕES
  • ENTREVISTA: Ana Maria Kaufman
  • APRESENTAÇÃO: Alfabetizar é todo dia. O professor deve planejar com antecedência as atividades de escrita e de leitura do ano letivo.

    TEORIA E PRÁTICA

DIAGNÓSTICO: PARA CONHECER A NOVA TURMA: Mesmo antes de saber ler e escrever convencionalmente, a criança elabora hipóteses.
PLANEJAMENTO: ORGANIZAR A ROTINA; O professor deve criar atividades que proporcionem contato com práticas de leitura e de escrita.
INTERAÇÃO: PARCEIROS EM AÇÃO; agrupar as crianças é uma estratégia importante para a troca de conhecimento que leva à reflexão.
SALA DE AULA
LEITURA PELO PROFESSOR: PEQUENOS LEITORES: Ouvir permite às crianças ampliar o repertório cultural e desenvolver o comportamento leitor.
LEITURA PELO ALUNO: DESDE O COMEÇO: É preciso oferecer textos à sala já nas primeiras atividades de alfabetização para favorecer a reflexão.
DITADO PARA O PROFESSOR: PRODUZIR TEXTO SEM ESCREVER: O docente trabalha com os estudantes as diferenças entre linguagem oral e a escrita.
ESCRITA PELO ALUNO: NA PONTA DO LÁPIS: Desde o inicio  escrever leva a turma a refletir, formular, testar e avançar nas próprias hipóteses.

Fichas coloridas ilustradas com o alfabeto


Estas fichas coloridas são ótimas para montar jogos com a turma! 
Por exemplo, embaralham-se as fichas e cada criança retira uma. 
Ela pode falar palavras com aquela letra, pode ilustrar aquela letrinha, criar um texto que comece com aquele desenho da ficha etc.
Gif
Gif
Gif
Gif

Gif
Gif
Retirado do Blogger Espaço Educar

Perguntas sobre alfabetização


O que significa estar alfabetizado?

Estar alfabetizado significa ser capaz de interagir por meio de textos escritos em diferentes situações; significa ler e produzir textos para atender a diferentes propósitos. A criança alfabetizada compreende o sistema alfabético de escrita, sendo capaz de ler e escrever, com autonomia, textos de circulação social que tratem de temáticas familiares ao aprendiz.
 O que é o ciclo de alfabetização?
O Ciclo da Alfabetização nos anos iniciais do Ensino Fundamental é um tempo sequencial de três anos (seiscentos dias letivos), sem interrupções, dedicados à inserção da criança na cultura escolar, à aprendizagem da leitura e da escrita, à ampliação das capacidades de produção e compreensão de textos orais em situações familiares e não familiares e à ampliação do universo de referências culturais dos alunos nas diferentes áreas do conhecimento.
Ao final do ciclo de alfabetização, a criança tem o direito de saber ler e escrever, com domínio do sistema alfabético de escrita, textos para atender a diferentes propósitos. Considerando a complexidade de tais aprendizagens, concebe-se que o tempo de 600 (seiscentos) dias letivos é um período necessário para que seja assegurado a cada criança o direito às aprendizagens básicas da apropriação da leitura e da escrita; necessário, também, à consolidação de saberes essenciais dessa apropriação, ao desenvolvimento das diversas expressões e ao aprendizado de outros saberes fundamentais das áreas e componentes curriculares, obrigatórios, estabelecidos nas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de Nove Anos.
 Alfabetizar é só ensinar a ler e escrever? E a Matemática? E os demais conteúdos?
Não. O ciclo de alfabetização deve garantir a inserção da criança na cultura escolar, bem como a aprendizagem da leitura e da escrita e a ampliação de seu universo de referências culturais, nas diferentes áreas do conhecimento.
A aprendizagem da leitura e da escrita deve ocorrer em situações em que as crianças se apropriem de conhecimentos que compõem a base nacional comum para o Ensino Fundamental de Nove Anos (Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Ensino Religioso).
Existe uma idade apropriada para a alfabetização das crianças?
Sim, a criança deverá estar alfabetizada ao final do ciclo de alfabetização do ensino fundamental que, nos termos da Lei 11.274/2006 (que ampliou ensino fundamental obrigatório para 9 anos, com inicio aos 6 anos de idade), se dá a partir dos oito anos de idade.
As crianças têm direito de se apropriarem do sistema alfabético de escrita e, de forma autônoma, de participarem de situações de leitura e escrita. Aquelas que não sabem ler e escrever textos com autonomia tem dificuldades para dar continuidade ao processo de escolarização e de participar de várias situações extraescolares.
O que orientam as Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Fundamental sobre o ciclo de alfabetização?
A Resolução nº 7, de 14 de dezembro de 2010, que fixa as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de 9 (nove) anos, estabelece, no Artigo 30, que os três anos iniciais do Ensino Fundamental devem assegurar a alfabetização e o letramento, mas também o desenvolvimento das diversas formas de expressão, incluindo o aprendizado da Língua Portuguesa, a Literatura, a Música e demais Artes, a Educação Física, assim como o aprendizado da Matemática, da Ciência, da História e da Geografia.
Estabelece ainda que haja a continuidade da aprendizagem, tendo em conta a complexidade do processo de alfabetização e os prejuízos que a repetência pode causar no Ensino Fundamental como um todo e, particularmente, na passagem do primeiro para o segundo ano de escolaridade e deste para o terceiro.
Há um método específico de alfabetização ou são vários métodos e estratégias?
Existem vários métodos e estratégias de alfabetização. Todavia, é importante destacar que as novas demandas colocadas pelas práticas sociais de leitura e de escrita têm criado novas formas de pensar e conceber o fenômeno da alfabetização. Portanto, os métodos e estratégias que levam as crianças a somente apropriar-se do sistema de escrita, encarando-a como um código a ser memorizado, são insuficientes para suprir tais demandas.
Em uma concepção de alfabetização focada na inserção das crianças nas práticas sociais, podem ser desenvolvidas metodologias que, de modo concomitante, favoreçam a apropriação do sistema alfabético de escrita, por meio de atividades lúdicas e reflexivas, e a participação em situações de leitura e produção de textos, ampliando as referências culturais das crianças.
Retirado do Portal CEEL

Historinha - Gato de Papel

Para trabalhar com as crianças em fase 
inicial de alfabetização
Trabalhe com a leitura da historinha  As crianças faz observação 
das imagens e começa a contar a história
Trabalhe a palavra GATO em quebra-cabeça, caça-palavras 
e fazendo o troca-troca, substituindo a primeira letra por 
outras consoantes. 
Assim monte o livrinho:

Quebra-cabeça.


- Leitura de trava-línguas:
Pesquisa de opinião:
Retirado do Blogger alfabetizando Iara Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário